Saúde em dia – Doenças Sexualmente Transmissíveis

R$103,00

Neste perfil de exames, você pode acompanhar a saúde e descobrir doenças virais silenciosas transmitidas através do sexo ou por outras vias. É indicado realizar esses exames a cada 6 meses ou ao menos 1 vez por ano.

Categoria:

Descrição

Preparo: Dispensa Jejum.

Prazo do resultado: Entregue no mesmo dia.

Exames: HIV, Hepatite B, Hepatite C, Sífilis.

HIV
O vírus do HIV se reproduz no corpo humano nos linfócitos T CD4+, tornando o corpo vulnerável à infecção por doenças oportunistas. A AIDS é causada por dois tipos de vírus da imunodeficiência humana, HIV tipo-1 e HIV tipo-2. O exame é utilizado para detecção simultânea do antígeno p24 e de anticorpos contra o HIV-1 e/ou HIV-2.

Hepatite B – HBSAG
A transmissão do HBV se faz fundamentalmente através das vias parenteral e sexual. Durante a infecção, o HBV produz o antígeno de superfície da hepatite B (HBsAg), também conhecido como antígeno Austrália. A presença de HBsAg indica que o indivíduo pode transmitir o vírus e sua persistência é um marcador de cronicidade. O HBsAg pode ser detectado entre a primeira e a décima semana após a exposição ao vírus. O HBsAg persiste durante a fase aguda e desaparece tardiamente no período de convalescência. A persistência do HBsAg após 6 meses indica que o paciente é crônico.

Hepatite C – HCV
O vírus da hepatite C (HCV) é um membro da família dos Flaviviridae e tem genoma com cadeia simples de RNA. É uma das principais causas de doença hepática, sendo de difícil diagnóstico clínico, pois na grande maioria os pacientes são assintomáticos. A infecção por HCV pode dar origem a hepatites agudas e crônicas. Aproximadamente 70 a 85% das infecções progridem para doença crônica, que pode dar origem a cirrose e a carcinoma hepatocelular. Os principais fatores de risco referentes a esta doença abrangem a transfusão de hemoderivados por doadores infectados, uso de drogas injetáveis, transplante de órgãos, hemodiálise, transmissão vertical, relação sexual e exposição ocupacional.

Sifílis – VDRL
A sífilis é uma doença infecciosa causada pelo Treponema pallidum. Clinicamente, após um período de incubação que varia de 10 a 90 dias, ocorre, em 85% dos pacientes, o surgimento de um cancro, que é uma lesão solitária e indolor, caracterizando a sífilis primária.
O VDRL é um teste de floculação, não-treponêmico, para diagnóstico da sífilis, através da pesquisa de anticorpos no soro.